Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A LUA E O LOBO


Eis uma história
Lenda das lendas
Que vos vou contar
Esperando com tal
Agradar
É a história d

A Lua e o Lobo

Sempre se amaram
Nesse crer infinito
Que o amor
É mais forte
Do que tudo
Do que o próprio mito

Ele desde pequeno que a via
E desde pequeno que a amava
Sendo a ela
E não às lobas
Que ele à noite uivava

Até que veio o dia
Em que ele farto de gritar
Sem que ela
O parecesse escutar
Lhe ousou
Perguntar:

-Porque estás ai
Muda e silenciosa
Julgas-te mais do que o nada
E assim, sobranceira
Poderosa?
Eu que te amo
Porque sempre amei o impossível
Eu que te amo tanto
Em vão
Que mais valia amar o impossível

E ela
Para seu grande espanto
Lhe respondeu
Mas com palavras
Que só ele as ouvia na sua cabeça
E que rasgaram o céu:

-Eu também te amo
Mas não tenho forma
Feitio ou maneira
De to mostrar
Apenas com a luz
Quando estou cheia
De amor
A luz do meu luar
Fomos feitos um para o outro
Na nossa eternidade
Mas tu morrerás
E eu continuarei
Para toda a eternidade
Por isso
Não mostro mais o meu amor
Jamais falarei
Pois não saberia suportar a tua morte
Sem também me eclipsar
E há tantos amantes
Tantas gerações
Que eu tenho ainda que iluminar…

E o lobo
Triste se contentou
Mas escuro ficou o seu coração
Conformado
Uivou pela última vez
A ela
E foi esse uivo
Que inspirou
E que escreveu
Esta espécie de canção
D’

A Lua e o Lobo
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 22/11/2007
Código do texto: T748151

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5158 textos (173888 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 10:49)
Miguel Patrício Gomes