Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CONFISSÕES DE UM TRISTE

Deus criou o mundo, os animais
Foi Deus quem criou o homem e a mulher
E foi Deus também quem criou o amor
Pois foi por amor que ele morreu por nós
O amor é algo infinito e profundo
Eu sinto e quero amar
Mas vejo que está sendo quase impossível
Porque quem eu amo não me ama
Por isso eu sou um triste
Eu só irei sorrir quando algo crescer dentro de mim
Pois nascer já nasceu
E esse algo é o amor
Porque sem ele eu não sou feliz
Preciso de carinho e amor
Ho ! Deus, ilumine os passos de alguém que eu amo
Para que ela caminhe em minha direção
E venha dar-me o seu amor
Pois o meu já está preparado para entrega-la
Faça com que ela compreenda que a amo
E só ela pode me fazer feliz
É com ela que sonho todas as noites
É nela que penso todos os dias
E é por ela que daria minha vida
Solidão, abandonai-me
Tristeza, fujas de mim
Quero ser alegre, ter alguém para amar
Quero sorrir, quero cantar
Mas só ela poderá dar-me toda essa alegria
Só ela, eternamente ela
Muitos dizem que jovem não ama
Mas amor de jovem é realidade
Por isso eu amo, e é para o meu amor
Somente para o meu amor
O meu coração.

José Claudio Suhet
Enviado por José Claudio Suhet em 23/11/2007
Código do texto: T749449

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Claudio Suhet
Campos dos Goytacazes - Rio de Janeiro - Brasil
17 textos (571 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 19:18)
José Claudio Suhet