Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rio






Rio

Quando o rio leva sua águas em sua mansidão, mansamente aguando as margens, flui energia nos brotos silvestres ao longo do caminho.
Esperança de novas árvores, novas matas,
novas vidas, novos habitantes.
Assim flui o amor.
Do nada...
Do muito...
Do tempo...
Da espera...
Do olhar...
O rio passou...
Solidão ficou...
Esperança de chegada
Lágrimas que formam alagados
misturando-se as águas do rio.
As águas do rio passam,
hão de levar a tristeza embora também.
Esperança fica no aguardo do florir
das novas árvores.
Nova vida
Novo...

Paulo Mello
25.09.07





 
Paulo Mello
Enviado por Paulo Mello em 26/11/2007
Código do texto: T753018
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Mello
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 64 anos
446 textos (11391 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 05:05)
Paulo Mello