Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LOUCURA DE AMOR


Sem pensar
Nos deixamos levar
Para algo que não podia acontecer
Mas onde queriamos chegar

Começou com olhares
Passou à uns suspiros
e alguns outros detalhes

Um deitar de cabeça nas pernas
A mão que passeia pela nuca
Que dança também
e vem em linhas paralelas

Outros olhares
Agora já mais quentes
Que pensam momentos passados
Passados, mas para mim, recentes

Rostos se tocam
Energia
Química
Nesse momento
os corações denotam

Eles já não cabem em nossos peitos
Já pulam e ardem em fogo feito loucos

Respirações
Aspirações
Sonhos
"Borboletas no estômago"

Os narizes se estudam
Sentem o cheiro do amor
O cheiro dos dois, que mudam

São como crianças, como jovens
Os narizes agora brincam
Até encontrarem lugar para ficar
e ali, sentir o cheiro
Um do outro

Quanto menos se esperar
Uma das borboletas sai do estômago
Vai para o esófago, boca
Bocas se tocam e brincam
Como duas borboletas no ar

Calor
Frio
Corações aos pulos
Suspiros
O beijos calorosos
acendem outras chamas

Mãos e bocas
Dedos e línguas
Línguas e orelhas
Pescoços

Beijos
Toques
Mãos
Fogo
Toques
Amor
Gemidos
Beijos
Beijos
Beijos
Gemidos
Beijos
Beijos
Beijos
Beijos
Gemidos
Tremores
Explosão
Amor
Unidade
Felicidade
AMOR ETERNO
Enviado por AMOR ETERNO em 26/11/2007
Código do texto: T753546

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
AMOR ETERNO
Joinville - Santa Catarina - Brasil
82 textos (46497 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 09:13)
AMOR ETERNO