Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
AO ACORDAR


Naquela manhã, em suave torpor,
tocando teu corpo, eu senti que encontrava
resposta ao calor,  que por mim se espalhava,
e da tua presença ao meu lado dispor,
foi festa, foi sonho e embalei  meu amor,
na busca e na entrega, e no modo de amar
eu quis conduzir-te às alturas sem par
que nunca tocaste...E nem mesmo imaginas
as vagas incríveis que assim descortinas,
se um dia arriscares nadar nesse mar.

 Porém nesse sonho em que nada é real,
me sobra a descrença: não podes saber
da força e tamanho do meu bem querer...
Mas sei que por mim a leveza é normal,
indica um esforço e persegue o ideal,
o sonho e a ventura, algo a conquistar;
aquela passagem, teu corpo cruzar,
mas não me prender e seguir sempre além.
Será que é possível que entendas, meu bem,
o que nos ensina o balanço do mar?

29/11/07 (10:00)
Nilza Azzi
Enviado por Nilza Azzi em 29/11/2007
Reeditado em 01/12/2007
Código do texto: T757503

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor Nilza Azzi ). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nilza Azzi
Campinas - São Paulo - Brasil
2225 textos (391822 leituras)
27 áudios (1214 audições)
4 e-livros (385 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 05:27)
Nilza Azzi