Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOU ASSIM MESMO...

Vem, se afunda em mim.
Enfia teus dedos em minha terra,
semeie prazer em meu jardim.
Esquenta minha carne com tua boca,
louca viagem,paisagem de mata.
Engata teu corpo em meus segredos,
e vem sem medo,sou assim mesmo.
E me beija o pescoço e me lambe
e me provoca...
Delícia,me toca...
Desejo na pele,olhar bravio,
estamos no cio,primavera de estrelas
e faz de novo,de novo,de novo...
Olhos nos dedos,bocas nas pernas,
encontro de olhar,mãos a passear.
Vem,gosto assim mesmo...
Por baixo,o prazer domina.
Sou tão menina,pode guiar
devagar,devagar,devagar
até eu morrer de amar...
Teu gozo,melodia para escutar.
Luz no teu olhar,
branca beleza,certeza de prazer...
Vem,sou assim mesmo,
quero tanto isso que você sabe fazer...
Delícia entre lençóis,a sós,
leveza e alimento,nós em alegria,
sintonia,sinfonia de gemidos,
e me ouço e falo e não me calo...
Somos água,somos saudade,
felicidade é estar nos teus braços,
felicidade é estar com você.
Vem,você já me conhece.
Sou assim mesmo.
Meu prazer é essa paixão
na palma da tua mão...

Karla Bardanza


Karla Bardanza
Enviado por Karla Bardanza em 30/11/2007
Código do texto: T759832

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Karla Bardanza
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
219 textos (16683 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 19:34)
Karla Bardanza