Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solidão







             

















Solidão

Vago solitário, entre murmúrio e
alaridos da noite, que cala
silenciosa a luz do dia.
Vaga-lume desperta a curiosidade
das crianças, sem saber que me leva
de encontro a pensamentos doloridos.
Mas que culpa ele tem,  incandesceu
noite de alegrias,
noites de amor,
noites de juras.
Desperta amiguinho novas curiosidades,
novos casais.
Caminho ainda solitário por entre
gritos e alaridos ensurdecedor de
pássaros festejando o alvorecer.
É novo dia e solitário estou,
assim continuo a caminhada.

Paulo Mello
18.11.07




Paulo Mello
Enviado por Paulo Mello em 03/12/2007
Código do texto: T762649
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Mello
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 64 anos
446 textos (11391 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 14:06)
Paulo Mello