Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FEMININA


Tão bela como a tarde que nos observa.
Tão serena como a brisa que nos atinge,
Tão clara como a lua que nos ilumina,

A tarde tem o brilho dos teus olhos,
A brisa tem a meiguice dos teus afagos,
A lua tem a claridade dos teus sentimentos.

Em tudo que me rodeia,
Vejo-te feminina.
A voz que me fala,
As mãos que me acariciam,
A mulher que me quer.

Eu, do meu lado masculino,
Oferto-te o meu amor,
O meu apoio,
O meu orgulho.
De ter você ao meu lado.

Feminina...
Não me basta apenas dizer que te amo,
Quero te dar o meu amor.
Quero ser teu companheiro,
Quero ser teu amigo.
Quero ser o teu lado masculino.

Que me importa os mapas de minas,
Se você já é o meu tesouro.
Não me basta apenas o céu,
Quero ser tua eternidade.

Simplesmente quero te dizer...
Eu te amo!
Os conceitos, eu revoluciono.
As montanhas, eu escalo.
Os mares, eu navego.
E você, ..
Ah!. Você eu amo.
Te aceito tão feminina,
Como os ‘as’ que faltam em minha vida.
                                                                                                                     Di Camargo,  03/12/2007
Di Camargo
Enviado por Di Camargo em 03/12/2007
Código do texto: T763706
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Di Camargo
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 66 anos
430 textos (65654 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 10:05)
Di Camargo