Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Refém do teu coração




Refém do teu coração,
Já sou sem o querer,
E tu sem o saber,
Me tens à tua disposição.

Preso sem ser julgado,
Inocente sem poder provar,
Na prisão estou sem me queixar,
Cumpro pena por ter amado,

Venero-te com adoração,
Aqui estou minha amada,
Nesta cela bem fechada,
Prisioneiro do teu coração.

Fechei-me dentro dela,
Ninguém me pode tirar,
As chaves as dei ao mar,
Só eu sei sair da cela.

Quantos tempo aqui estarei,
Mil anos podem passar

Como prova de te amar!
Por te amar teu refém serei.

Autoria: A. Manuel de Campos
Alberto M de Campos
Enviado por Alberto M de Campos em 04/12/2007
Código do texto: T764151

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alberto M de Campos
Portugal
160 textos (3033 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 15:43)
Alberto M de Campos