Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tempestade de paixão…
 
Como quem sente um toque da brisa a balançar a cortina, como quem se arrepia de forma a sentir calafrio na espinha, assim será meu toque em teu corpo, que apesar da distância, se materializa em minha mente e se faz diante mim presente.
 
Vou amando-te de forma a tocar cada parte de si, a ponto de perceber o teu simples arrepiar, posso sentir tua pele de poros enrijecidos, onde teus pelos se tornam pequenos raios a me fazer sentir o choque do prazer que nos faz enrijecer.
 
Pequenos relâmpagos de luz e paixão se mostram no céu em penumbra em tarde de amor. Uma porção de chuva que se tornam gotas de emoção a molhar nossa relação.
 
Uma tarde de verão onde o calor não vem do sol, mas sim, da forte atracão que une os corpos de dois amantes em tempo de entrega e compartilhar de um lindo amar.
 
Juntos provocamos uma tempestade de ventos uivantes que se deixa levar pela fúria do desejo que faz do acariciar um raio e relampejar.
 
Nosso amor é uma tempestade de paixão.
 
 
Mprado
Enviado por Mprado em 06/12/2007
Código do texto: T767038

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mprado
Portugal, 65 anos
377 textos (24061 leituras)
10 áudios (2296 audições)
2 e-livros (61 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 03:42)
Mprado