Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Decifrando-te

O que é esta voz que não se cala ?
Esta voz que grita e se agita ?
Que encanta e soa ?
Que vibra e dentro de mim ecoa ?

O que é este olhar ?
Este olhar que não quer parar ?
De incansavelmente te observar ?
Que inicia na estrada e termina no mar ?

O que é este sorriso ?
Que constrói vida e anima ?
Que ilumina o dia e traz esperança ?
Que me transforma em criança ?

O que são estas mãos ?
Que me tocam na alma ?
Atingindo meu coração ?
Mostrando-me uma única direção ?

O que é o teu suspiro ?
Que da boca alcança meus ouvidos.
Que me estimulam os sentidos.
Arranca-me as forças e extasiada eu fico.

O que é esta beleza ?
Diga-me com franqueza
Se dela só vejo a pureza.
Amor puro que vem da natureza.

O que são estas poucas palavras ?
Que roçam a minha garganta ?
Que saem límpida para mostrar.
Amor escondido e guardado para novamente doar.

Queria então apenas rabiscar.
Um traço de luzes para iluminar.
O momento doce e terno do entrelaçar.
Do instante fulminante dos poros a amar.

E que cada luz traga até você.
Todo o colorido que deves perceber.
Do amor que aguardamos ao nascer.
Do amor que movimenta cada amanhecer.

Não questione, nem relute.
Não hesite, nem desiste
Não sinta medo, segue e persiste.
Abra as portas e esqueça o que foi triste.

Sim, sinta tudo o que te alcança.
A vida segue e as lutas realçam.
Nos chama a felicidade.
Para sentir o amor de verdade.

Palavras e mais palavras
Esgotaria todas as sentenças
Ficaria toda a madrugada calado.
Tudo para lhe dizer que por mim és AMADO.

(01/12/2005)
Paula de Lima
Enviado por Paula de Lima em 29/12/2005
Reeditado em 12/07/2008
Código do texto: T91573
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Paula de Lima
São Paulo - São Paulo - Brasil, 48 anos
102 textos (15922 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/04/21 15:45)
Paula de Lima