Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A esmo

Flutuo entre lembranças e o que vejo
nessa real vontade de entender o meio,
é o que me traz o gosto de um passado ausente

Mastigo pedras e as salivas entornam
os raros efeitos do sol escaldante
na pele vermelha pelo frio intenso

e não há tropeços entre os vis escombros

Marcas de unhas na areia branca
(a lua brinca de ondular a praia)
a boca ri da fome corrosiva
que pediu abrigo à poesia errante

A pele esfacelada dói ao vento.
Na lágrima interrompida pelo novo alento
o dente perfura a palavra medo

nada mais há que lembrança a esmo...
Dora Leal
Enviado por Dora Leal em 26/12/2004
Código do texto: T928


Comentários

Sobre a autora
Dora Leal
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
510 textos (26655 leituras)
1 e-livros (38 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/06/20 20:51)
Dora Leal