Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AO MEU FILHO...PARABÉNS..

     CHEGUEI AOS VINTE ANOS..NESSE PAÍS DESIGUAL
CHEGUEI AOS VINTE ANOS..VIVENDO SEM DOR..
CHEGUEI AOS VINTE ANOS...DO LADO DE MEUS PAIS..
CHEGUEI AOS VINTE ANOS..E NADA MAIS..
SEI QUE SOU VENCEDOR..
SEI QUE ESTOU EM MINHA PÁTRIA..
PORÉM SEI QUE DEVO ERGUER MEU FRONTE...PARA O ALTO..
AGORA MAIS DO QUE NUNCA..TENHO QUE VIVER..
VIVER A PLENITUDE...DA ALEGRIA..DE TER..
PAIS VIVOS, AVÓS VIVOS...E MEU BISAVÔ...QUERIDO
SOU ASSIM..UM FILHO AMIGO..
UM UNIVERSITÁRIO...
UM BOM MENINO..
QUE DEVAGAR ALCANÇA O QUE QUER..
SOU DAVI..SOU CARLOS..
E LEVANTO MEUS OLHOS...
PARA DEUS..
MINHA MÃE ME AMA..
E FAZ TUDO POR MIM..
SOU O PRIMOGÊNITO..
E AMO DEUS..
CHEGUEI AOS VINTE..
E QUERO SENTIR A PAZ..DA VIDA..
SOU FELIZ...
QUERO DIZER A MEU IRMÃO..
QUE O AMO TAMBÉM..
E AOS ANIMAIS QUE ELES SÃO PERFEITOS
AS PLANTAS QUE ELAS SÃO PERFEITAS..
E A DEUS...QUE QUERO A SALVAÇÃO..
Valéria Guerra
Enviado por Valéria Guerra em 26/07/2008
Código do texto: T1098484

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Valéria Guerra
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3458 textos (122684 leituras)
196 áudios (9325 audições)
3 e-livros (184 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/19 08:27)
Valéria Guerra