Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Isadora

Pequenina criatura
Despertando toda a ternura
Que meu ser abrigava
Um sentimento adormecido
Até então desconhecido
Naquela hora aflorava
Em um instante, dois nascimentos
Na riqueza daquele momento
Tão único e singular
Ainda que pareça ironia
O pequeno ser que ali nascia
Também estava a gerar
Sim, uma mãe acabara de nascer!
Gerada por aquele bebê
Que em seus ternos braços embalava
E a vida ganhou mais cor
Na descoberta do novo amor
Que agora desabrochava
Os olhinhos atentos e brilhantes
Para mim tão cativantes
Redefiniram o meu pensar
Nova vida na minha vida
Novo ponto de partida
Novo caminho a trilhar
Treze anos já se vão...
E ainda meu coração
Se surpreende com esse amor
Que a cada dia se fortalece,
Minha alma enternece
E à minha vida dá mais sabor
No berço dormia serena
Agora tão bela morena
Tão cheia de luz e vigor
O bebezinho de outrora
Continua sendo agora
O alvo do meu amor
Seu nome é ISADORA
Linda por dentro e por fora
Presente do meu Criador.

Elaine Neves
Enviado por Elaine Neves em 08/03/2015
Código do texto: T5162016
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Elaine Neves
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 44 anos
56 textos (15901 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/05/21 20:39)
Elaine Neves