Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Barril Vazio*


Num cantinho do beco tinha um barril
E todo dia, dele saia um moleque que sabia
Que diária tinha que ser a alegria.

“Foi sem querer, querendo”, ele dizia,
E assim, todo dia, ele vivia
Alegrando a todos com sua folia.

Mas, um dia, o barril ficou vazio
E o Beco da Alegria
Virou o Beco da Melancolia.
 
E foi sem querer, querendo
Que esse menino foi sumindo
E, com ele, das Portas da Alegria,
Levou, consigo, todas as chaves.


(Homenagem a Roberto Gómez Bolaños, mais conhecido como Chespirito (Cidade do México, 21 de fevereiro de 1929 — Cancún, 28 de novembro de 2014), um ator, escritor, comediante, dramaturgo, compositor e diretor de televisão mexicano. Ficou conhecido mundialmente pela criação das séries televisivas El Chavo del Ocho e El Chapulín Colorado, e com o Programa Chespirito que ganhou o título de o programa número 1 da televisão humorística, as quais lhe trouxeram grande prestígio e garantiram-lhe o reconhecimento como um dos escritores comediantes mais respeitados de todos os tempos. Era sobrinho do ex-presidente mexicano Gustavo Díaz Ordaz Bolaños (1911-1979). Bolaños faleceu no dia 28/11/2014, na cidade de Cancún, aos 85 anos de idade. Wikipédia: a enciclopédia livre. http://pt.wikipedia.org/wiki/Roberto_G%C3%B3mez_Bola%C3%B1os >.Acesso em 28/11/2014.
Sergio Diniz da Costa
Enviado por Sergio Diniz da Costa em 10/08/2018
Código do texto: T6414878
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sergio Diniz da Costa
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 61 anos
72 textos (561 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/08/18 09:32)
Sergio Diniz da Costa