Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O sol que tu és

Quando avisto Sol, sorrio
Penso que o amarelo a alma aquece
Que o claro é o caminho do abraço
É a calmaria entre os ricos de agonia...
Os raios do Sol são distintos
Uns brilham amores e outras fantasias
Uns ardem amizades e outros saudades
Aqueles que alcançam as janelas são de cuidados e afeto
Todos brilham no fim alegria...e etc
O Sol não está no universo, mas perto
Tudo fica colorido quando se permite sentir
Tu és amigo de rosas com espinhos, jasmim e cravos
O sorriso escancarado é feiro mar azul, imenso
Marco, que desfila na passarela da vida
Você é o Sol entre os conflitos diários
É um pouco de cada setimentos do ser amado
Se o remédio da maldade fosse humano
A cada 12h Marco daria um abraço como solução
O mundo seria um lugar melhor...amavel
Porque antes de Marco você é o Sol de brilho próprio

Feliz aniversário moço bonito!
Karolaine Barroso Tavares
Enviado por Karolaine Barroso Tavares em 13/01/2019
Reeditado em 13/01/2019
Código do texto: T6550341
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Karolaine Barroso Tavares
Manaus - Amazonas - Brasil
13 textos (436 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/06/19 16:54)
Karolaine Barroso Tavares