Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Evocação

Sempre fui fascinado pelo aroma das palavras
e a impressão miásmica que deixam na memória.

Sejam as essências verbais que movimentam o lembrar,
embalsamando o Ser de conjugações.
Seja a morrinha imagética e limitante dos adjetivos
que tange o infinitivo e,
em sua pequenez,
traduz a esfera em ponto.

O eflúvio dos pronomes, por sua vez, tende a ser menos universal,
mudando suas notas de pessoa a pessoa.
Sua pungência, dependente do tempo e do espaço,
se distancia e envelhece na vida.

E assim, o rastro de ranço e perfume,
que de tu, eu ou nós exalava
Não passa hoje de vestígio sutil
em meio a amálgama de odores que me acompanha.

O "acento" suave de tabaco na boca,
que agudiza seu amargor e cincunflexiona meu ego.
O amadeirado que "virgula" a garganta e evoca suspiros.
A doce nostalgia que impregna o ponto final de saudade,
e evoca você.

Você cheirava a chocolate em banho maria com um toque de almoço em familia.
Como a fragrância de lojas de doces em domingos de páscoa, sabe?
E mesmo percebendo agora que prefiro o odor salgado do suor,
ainda me lembro de ti ao comer um bombom.
Lucas
Enviado por Rob J Cole em 18/01/2019
Código do texto: T6553671
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rob J Cole
Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil, 23 anos
4 textos (38 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/02/19 21:27)