Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Noventa anos

À Tia Carolina

Por crescer sem uma avó
(Não as pude conhecer,
Pois se foram muito cedo),
Nosso Pai foi te escolher.

Sempre tive muito medo
De perder-te qualquer dia,
Pois tu és inigualável:
Dás amor, paz e alegria.

Tua Fé inabalável
Foi-me exemplo toda a vida.
És orgulho a toda gente
E por todos mui querida.

Para sempre em minha mente
Quero ter a tua imagem:
Será tal qual relicário
P’ra fazer-te uma homenagem.

Hoje é o teu aniversário
E te escrevo este poema.
Completaste novent’anos –
És da vida um grande emblema.

Deus te dê inda mais anos,
Adorada tia-avó!

Itatiba, 1º. de Fevereiro de 2007
José Luiz Águedo Silva
Enviado por José Luiz Águedo Silva em 23/09/2007
Código do texto: T665582

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Luiz Águedo Silva
Itatiba - São Paulo - Brasil, 35 anos
33 textos (769 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 09:13)
José Luiz Águedo Silva