Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Apesar de você...

Apesar de você, a banda vai passar,
Geni vai jogar bosta a torto e a direito,
Pedro pedreiro vai um dia ser eleito
e o galo vai cantar... e o céu vai clarear...

Apesar de você, será o que será...
Inda que algum safado (um chato querubim)
dê beijo em meu retrato, pra zombar de mim,
eu hei de ouvir cantar a velha sabiá.

Apesar de você, agora eu sou herói
e o meu cavalo fala bem o português,
e o pedaço de mim, que falta em vocês,
não há de deixar marca nos velhos lençóis.

Apesar de você, meus colegas de cruz,
que certos dias vêm de trem dalgum lugar
e que nem sempre têm alguém com quem contar,
contam que a Rita leva aquilo que faz jus.

Apesar de você, de todos os tabus...
a banda, certamente, um dia vai passar,
e velha poesia, um dia há de encontrar
Maria a declamar nos braços de Jesus.

E eu vou declamar os versos que compus
ao tom da meia luz, na mesa dalgum bar.
Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 25/05/2019
Código do texto: T6656314
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 65 anos
1557 textos (73230 leituras)
35 áudios (706 audições)
13 e-livros (4709 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/06/19 05:59)
Herculano Alencar

Site do Escritor