Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MLHER

MULHER

Tu mulher
És como a flor...!
Exalando perfume...
Inspirando amor

Ao luar...
És ainda mais bela
Aveludada vermelha
Rosa ou amarela

Ao sereno
Espalha perfume
Enfeitiça a brisa
Provoca o ciúme

Se a brisa falasse
E a flor ouvisse
Eu queria ser brisa
Viajar o universo
Transpor as planícies

Tornar-me-ia um colibri
Pra bem rápido voar
Pra juntinho de ti
Ao teu ouvido murmurar
Dizendo que te amo
E em teus lábios beijar

Diria que não posso
Viver de ti tão distante
Assim como as estrelas
Que cintilam além do horizonte
Fazendo-me sonhar!
Mas... Não podem ouvi



OBS:
Hoje 10/09/19 completam dez anos que publiquei meu primeiro texto neste conceituado espaço aqui no Recanto das Letras...” Recebi as boas vindas de duas poetisas que carinhosamente acolheram-me com seus comentários incentivando-me a continuar.” Ana ysabel e Irlene Chagas” que desde então cativaram meu coração.Tomei a liberdade em publicar o poema novamente e dedicá-lo a elas, com o meu carinho e a minha gratidão pela acolhida.
 
geraldinho do engenho
Enviado por geraldinho do engenho em 10/09/2019
Reeditado em 10/09/2019
Código do texto: T6741611
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
geraldinho do engenho
Bom Despacho - Minas Gerais - Brasil, 77 anos
1325 textos (110431 leituras)
7 áudios (999 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/09/19 19:10)
geraldinho do engenho