Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU COLIBRÍ...

Estes olhinhos meigos e cristalinos...
Quando os vejo fitos assim...
Mergulho em divagações...
Escrevo versos e canções...
E verdades sejam ditas...
As coisas boas e bonitas...
É pra serem apreciadas e exaltadas...
E mais tarde relembradas...
Sou confessa não consigo resistir...
A este Colibri, com seu verde reluzente...
De vôo majestoso, vivendo entre as flores...
Ei meu bichinho vem pousar no meu jardim...
Oh! Meu Colibri vem se agasalhar em mim!
___________________________________________________________
Não consigo resisti a OLHOS marcantes!
A vc meu querido Colibrí, espero que goste!
Socorro Castro
Enviado por Socorro Castro em 19/10/2007
Reeditado em 11/11/2007
Código do texto: T701217

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Socorro Castro
São Luís - Maranhão - Brasil
276 textos (25283 leituras)
4 e-livros (197 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 03:49)
Socorro Castro