Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Love Song"

De saber a sede viva insiste
Na verdade que te julga certa.
Na mentira que se faz concreta,
O seu mundo real não existe.

E de provar da fonte persiste.
E chega e se banha por inteira.
Fracassando a vida rotineira,
Aceita o novo saber em riste.

Te aproveita de cada momento,
De toda conquista que se tem.
Essa sede a saber de onde vem,
Seca na fonte se exposta ao tempo.

Teus olhos, vivos, profundo breu,
Mistérios sutis em portas d'alma.
Decifrar me toma tempo e calma...
Passa ao tempo tal qual coliseu.

E por mais que se tente entender
Não consigo jamais alcançar
Todo mistério que me é você,
Que não pára jamais em explicar.

Se há areia em meus olhos? Isso há!
Com sentimentos em profusões.
E nesse deserto de emoções
Como, me diz, posso eu caminhar?
Alê Campos
Enviado por Alê Campos em 25/10/2007
Código do texto: T710007
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Alê Campos
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil, 32 anos
46 textos (1735 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/03/21 05:13)
Alê Campos