Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Você Caro Amigo Poeta

Vou me concentrar,
Para expressar...
Minha grande gratidão...
Por te encontrar!

Minha alma triste
Estava a chorar...
Tão singelo gesto
Fez-me libertar!

Uma dor profunda...
Cá dentro do peito!
Amargava a alma
Vítima e prisioneira!

Porém caro poeta,
Tu me apareceste...
Tão singelo gesto
Fez-me flutuar!

De contentamento...
Lagrimas rolaram!
Não mais de tristeza
E sim gratidão!

Do alto da “Torre”
De teu nobre ser
“Guia” minha alma
Ao doce prazer!

Mira Margarido
Enviado por Mira Margarido em 28/10/2007
Reeditado em 28/10/2007
Código do texto: T713561


Comentários

Sobre a autora
Mira Margarido
Rio Branco - Acre - Brasil, 52 anos
244 textos (52455 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/03/21 06:04)
Mira Margarido