Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FINADOS

Na vida tudo se passa
Em sequência infindável
Desde o início de tudo
Há renovação sequenciável.

Os povos do passado, descansam
Dormem o sono eterno
São os nossos ancestrais
Nossos troncos manifestos.

São as pessoas do passado
Que já se mudaram para outra
Para a vida eternal
E entre lápides passeiam.
Antonio Cícero da Silva (Águia)
Enviado por Antonio Cícero da Silva (Águia) em 02/11/2007
Código do texto: T721118
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Cícero da Silva (Águia)
Carapicuiba - São Paulo - Brasil, 55 anos
207 textos (20918 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 20:36)
Antonio Cícero da Silva (Águia)