Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bem Coladinho (Forró)

Meu amor,
Vem pertinho para uma dança, por favor...
Vem com aquele chamego só seu,
Aquele olhar que me diz: "Sou teu",
Aquele perfume que me estremeceu,
Aquele beijo que em cada passo quase me deu...

Amo quando demonstra atitude
Me levando para a pista, e não me ilude
Ao me assumir sua dançarina, sua mulher,
nos envolvendo nesse molejo como a gente quiser...
Quero sentir o prazer dos nossos beijos
e o calor dos nossos ardentes desejos.

Quero confessar
meu desejo de dançar
um forró agarradinho,
eu e você bem coladinho,
clamando por prazer,
nos roçando sem nada dizer,
nos divertindo pra valer,
até o fim da música,
até a partida da Lua...

Até a Lua parar de nos ver,
eu dançarei com você,
te beijarei com prazer
e este momento eu me permitirei viver...

______________
Bela interação de:
- Jacó Filho

Preso nesse vai e vem,
Que o forró favorece,
Minh'alma sobe e desce,
E coisa melhor não tem...
______________

* ´E uma poesia inspirada na música de forró "Me usa" dos Magníficos. Embora tenha duplo sentido, esse poema é uma homenagem ao Forró.
Beatriz Nahas
Enviado por Beatriz Nahas em 04/05/2021
Reeditado em 06/05/2021
Código do texto: T7247909
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Beatriz Nahas
São Paulo - São Paulo - Brasil
230 textos (27224 leituras)
7 áudios (939 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/05/21 23:39)
Beatriz Nahas