Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sonhar, escrever, sentir, orgulho, Papel

Escrever é arte inata,
Daquela que desata,
O pensamento da medida exata,

(Estar na concepção com razão pra melhorar,)

Viver e escrever,
Algo para se ver,
Demonstrar o que ler,

(Usar a inteligência com tênues por prazer,)

Mensagem sempre tem que insistir,
Colocar algo que serve em instruir,
Fazer parte no seu existir,

(Insinuar somente pelo fato de emitir,)

Para ficar mais incolor,
Do preto no branco com pudor,
Insinuar a seriedade do melhor,

(Não inutilize o fascínio, ouvir o pior,)

Colocar todos em união,
Falar com mais paixão,
E não deixar as notícias no caixão,

(Desagrada Altivos sagaz de um coração.)

Obs: Leia somente as partes que estão entre parentesses uma após a outra.

A todos que gostam da comunicação escrita em si de todos os seus parâmetros. Um abraço!
Léo Azevedo
Enviado por Léo Azevedo em 06/11/2007
Código do texto: T725807

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o nome do autor e link da obra). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Léo Azevedo
Maceió - Alagoas - Brasil, 36 anos
47 textos (1847 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 06:26)
Léo Azevedo