Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A um amigo querido (por Bia Alves)

         
A um amigo querido
(por Bia Alves “N.B.A.B.”).

Poeta...
Que tristeza e esta, que invade t’Alma.
E deixa teus olhos tristes?
E ficas assim tão distante, de tudo tão quieto.
Calado e mudo, o que a vida te fez?
Sei que não foram os anos, e sim as pessoas.
Que, te deixaram marcas profundas.
Marca jamais vista, marcas somente sentidas.
Mas anima-te poeta, tens as palavras.
E as belezas da vida, o canto dos pássaros.
Os pingos da chuva, enfim o perfume das flores.
Todas as manhãs têm o encanto
Da vida que nasce renovada
Pronta para ser aproveitada
E cada minuto, cada segundo.
É diferente, e sendo assim.
É inesquecível e único...
Se tu parares para pensar, já somos felizes.
Poeta tens nas mãos, um dom divino.
E os meus versos, nada são perto dos teus.
Por isso, poeta, que os Anjos.
Digam amém, a tudo que pedires!

Bia: Noemia Beatriz Alves Braga!!!
obrigado por esta homenagem, sua intenção era boa
e você conseguiu o que querias, eu estou aqui onde vc
queria...



Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 19/11/2005
Código do texto: T73717
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 73 anos
2317 textos (154262 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/02/20 01:32)
Volnei Rijo Braga