Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O poema que não fiz


Poderia ter pedido
        pra pararem
           que eu confessaria
                       ser poeta

Diria ainda que:
     A cada manhã que nasce
           me nasce uma rosa
                       na face

Poderia ter pedido
        pra pararem
            que novamente
            confessaria ser poeta

E que só o meu amor
      era meu deus
           eu era seu profeta

Mas Leminski
             o fez
               antes de mim.
Bhall Marcos
Enviado por Bhall Marcos em 29/11/2007
Código do texto: T758115
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Bhall Marcos
Londrina - Paraná - Brasil, 49 anos
418 textos (28954 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 18:28)
Bhall Marcos