Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mulher

Ausência de armas de fogo,
Diplomacia forjada na dor
Esperança questionadora, não alienada.
Olhar aberto, mirando além do que vê.
Sabedoria estampada em cada palavra.
Na ausência destas também, porque as palavras precisam silenciar.
O barulho ensurdecedor, irritante, não deixa chegar longe o viajante, disposto a conhecer seu interior.
Essa viagem você, mais do que ninguém, soube fazer.
Sem abater-se pelo temor que também te assaltou.
Humana até a essência, doce, forte, mulher.
Maria, mãe, da tua Paz preciso, estende tuas mãos para mim.
Acolha-me neste momento ruím.
gelbatere
Enviado por gelbatere em 22/10/2007
Código do texto: T705446

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
gelbatere
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil, 53 anos
64 textos (1457 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 13:41)
gelbatere