Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Partida

 

E lá vou eu

Nesse rumo certo

Para onde não sei

Mas segui-lo tenho

 

Nem deu tempo

De regar o jardim

De pedir para a vizinha

Dar comida ao cachorro

 

Mas sei que ela

De manhã vai chamar

E ao ver que parti

Dele vai cuidar

 

Foi tão rápido

Sem despedida

Sem lágrimas de adeus

Sem tempo de pedir perdão

 

Eu nem me aprontei

Sequer pude me perfumar

E aqui vou eu

Para um novo sentido

 

Noto que a estrada é calma

Sinto-me como a caminhar em nuvens

Há cores suaves

E delicada harmonia

 

Já não sinto dor

Meu peito está leve

Minha cabeça não tem mais inquietação

Enfim sinto-me em paz

 

Sei que essa estrada não tem volta

Gostaria de ter tido mais tempo

Para ter plantado mais seiva

Para aqueles que ficaram

 

Só hoje percebo

O quanto deixei passar

Pelo meu descaso e falta de viver

Realmente a vida é feita de momentos

 

Agora sigo eu

Quem sabe no final

Não esteja me esperando

Os que partiram antes de mim

 

Tudo é tão calmo

Luzes coloridas resplandecem

Não há mais dor

Só amor...

 

 

 

Glorinha Gaivota
Enviado por Glorinha Gaivota em 26/10/2007
Reeditado em 16/03/2014
Código do texto: T710314
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Glorinha Gaivota
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
895 textos (38595 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 20:34)
Glorinha Gaivota