Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Tempo Pede Paz

Estava eu sentado naquela cadeira
Esperando meu carro que estava por lavar
Mas como é que o tempo voa
Terminou e já era quase duas.

Sem almoço, a fome já não existia
Vou voltar para a rotina
Mas com o carro limpo e a cheirar
O fim de semana agora vai melhorar.

Espero o pneu não furar
A chuva chegou, e aí seria de amargar
Indo pra balada chovendo
O pneu furar, a mão sujar, a gata esperar.

Enfim, a noite vai ter que me presentear
Não conseguia mais esperar
Dinheiro no bolso, fazer meus gostos
Só queria me distrair, a noite poder sair.

Se ela não quiser ir, não vou insistir
Vai ser ruim de curtir, mas vou ter que ir
No Ap não fico mais, cinema sozinho nunca mais
Mais que me divertir quero paz, o resto, vou atrás.



Marcos Lima
Enviado por Marcos Lima em 07/11/2007
Código do texto: T727426

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Lima
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil, 44 anos
108 textos (7304 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 15:47)
Marcos Lima