Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Águas nós

Aprendi a ser água
Escorrer pelos vales de mim
Ir de encontro ao imenso
Onde o outro é terreno seguro
Olhar nos olhos dos puros
Acreditando na criação

Inocentes não se temem
Sabem das intenções do amar
Olhos reconhecem alma
Querem aproximação
Oceanizar em estrelas do mar

Quando encontrei-me nas águas de mim
Senti-me acolhida instantaneamente
Parecia que me esperavam receber
Como a um bebê recem nascido, de repente
Aprendi que ser gente é poesia
Aprendi que ser poesia é viver
E águas são inícios do principiar
Maria Rita Pereira
Enviado por Maria Rita Pereira em 11/11/2007
Reeditado em 03/01/2009
Código do texto: T733157

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite e nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Rita Pereira
São Paulo - São Paulo - Brasil
108 textos (3632 leituras)
1 e-livros (87 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 06:41)
Maria Rita Pereira