Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nunca, jamais!

Quantos outonos e primaveras vivi
Vendo passar pessoas apressadas,
Sem saber nada de mim nem de ti?...
Só ouvindo do relógio as badaladas...

Foram tão longos e frios os invernos,
Tantas primaveras de saudade...
Poesias rabiscadas em cadernos...
Testemunhando uma triste realidade...

Que o coração esqueceu de pulsar,
O sorriso ficou em algum lugar...
Sem querer... começou a chorar...
E o amor viu sua imensa luz apagar.

A música já não era mais tão bela...
No céu... estrelas não brilhavam mais.
Nem o sol queria entrar pela janela...
Tudo se resumia no nunca, jamais!

Nunca mais nós dois... a felicidade,
Nunca mais fantasias ou ilusões...
Só restou a nua e cruenta realidade...
Pisando sem dó... nossos corações!

Mary Trujillo
17.04.2011

Respeite os direitos autorais

Mary Trujillo
Enviado por Mary Trujillo em 28/03/2012
Código do texto: T3581901

Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mary Trujillo
São Paulo - São Paulo - Brasil
387 textos (26561 leituras)
41 áudios (1851 audições)
8 e-livros (1174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/06/19 00:20)
Mary Trujillo