Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Navio Fantasma

Meu navio fantasma
Ainda flutua.
Está derivando...
Nas lembranças tão vivas
De um coração tão morto.
Minhas velas, puidas das lutas
Contra o vento da saudade,
Relembra as doces brisas
Dos amores afogados no mar
Das pretençoes.

E quando a maré sobe,
Insinua-se a lua cheia,
Por rever senas da calor
Nas tormentas dos corpos.

Minha nau fantasma...deserta,
Range sua madeira
Nas ondas de ante-mar,
Embalando sonhos
Por mares nunca navegados,
Destinos inalcançados,
Portos...jamais encontrados.

E meu navio fantasma ainda flutua...
Opus Sewaybricker
Enviado por Opus Sewaybricker em 29/01/2007
Código do texto: T362547

Comentários

Sobre o autor
Opus Sewaybricker
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 56 anos
113 textos (14916 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/10/20 16:06)
Opus Sewaybricker