Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


 
EM LENTO COMPASSO

 
 
Abraço o tempo
preenchendo vazios espaços.
Deito-me a sonhar
em lento compasso.
Alcanço o momento
que sorria distante,
além de nós, do fim...
 
Enlaço o instante
que preciso redesenhar.
Domino as horas,
acalento a alma
que só, chora...
Revitalizo o corpo
que vagueia em sombras,
quase morto!
 
Após tanta alquimia
em desvairados devaneios,
em plena claridade do dia
a solidão traga-me por inteiro.
 
Outra vez gemidos-lamentos,
dor em soluçõs abafados.
Abandonou-me o tempo
em sonhos alagados.
Enfim,
não consegui entrelaçar,
o que não foi permitido
em mim ficar!...

 
17/07/2007
 
Anna Peralva
Enviado por Anna Peralva em 02/09/2007
Reeditado em 08/12/2010
Código do texto: T635146
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna Peralva
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil
1582 textos (61777 leituras)
3 e-livros (572 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 13:47)
Anna Peralva