Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nem o tempo e a distância

 

 

Se tem alguma coisa a me dizer

Se da minha boca algo quer escutar

Se só são palavras que queremos ter

Porque deixar a distância imperar



Os caminhos não são só para ir

Os olhos não são só para olhar

Das longas distâncias quando se quer, vem

Das lindas roupas que colocas, posso te admirar



Tem dias que palavras e olhos, nada dizem

Tem noites que o coração, quer alguém

Sobre um amor que se foi...

Só saboreamos quando a queremos bem



A vida pode ser curta ou longa

A vida pode ter tudo ou nada

Tudo tem seu inicio e fim

Mas só vivo se for com a minha amada



Quando olho para frente nada vejo

Penso em voltar a amar e viver

Como é triste não ser dono do tempo

É muito triste só poder recordar você



vou parar e ser seu enquanto existir

tente dizer e tentarei escutar

Os caminhos também podem ser os de voltar

Se a vida for longa sempre vou te esperar.

Paulo de Tarso Itacarambi
Enviado por Paulo de Tarso Itacarambi em 07/09/2007
Reeditado em 07/09/2007
Código do texto: T642157

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Tarcio). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo de Tarso Itacarambi
Poá - São Paulo - Brasil, 57 anos
433 textos (25582 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 01:11)
Paulo de Tarso Itacarambi