Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SAUDADE ...
Graça da Praia das Flechas


É uma dor que dá no peito
Não tem dia, não tem hora
O coração sangra, não tem jeito
Dói muito, quando ela não vai embora...

Saudade sai daqui
Não vês que não és benquista?
Coração quando sente saudade
É porque ao Amor perdeu de vista...

És sentimento traiçoeiro
Me pegando em qualquer lugar
Quando um Amor Bandoleiro
Consegue me conquistar...

Este Amor que me causa dor
Transformando meu útero num braseiro
É minha única Paixão
É meu Homem feiticeiro...

Mas dessa vez eu o lacei
Teci minha teia
À ele em todo meu corpo prendi
Retornando ele me disse : por ti voltei
Para mim és única
Somente por tua paixão, renascí...

Saudade, sai de meu caminho
Pois em mim, já não há morada para a dor
Este é meu Homem, precisa de meu carinho
Vás embora e sigas sozinha
Pois Saudade não rima com Amor...
 




Direitos Autorais Reservados ®
Poema Registrado
*** Campanha pelos Direitos Autorais
na Internet *** www.2be.com.br
NITERÓI - RJ



GRAÇA da PRAIA das FLECHAS
Enviado por GRAÇA da PRAIA das FLECHAS em 17/09/2007
Código do texto: T656927

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (não a modificar em nada ,Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
GRAÇA da PRAIA das FLECHAS
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
538 textos (133786 leituras)
36 áudios (30884 audições)
1 e-livros (167 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 06:31)
GRAÇA da PRAIA das FLECHAS