Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SAUDADE

Saudade...dói no peito
feito punhal encravado
de um jeito...sofrido.

E a nossa canção, repete, repete
como um fundo de agonia.

Madrugada...lua minguante
frio na alma
Saudade...

E a canção a repetir
um desejo carnal
seu corpo sobre o meu

Ah...saudade

Mas sei, um novo sol
a renascer
trazendo a esperança
desse amor criança
que é todo o meu querer.
Luiza Porto
Enviado por Luiza Porto em 19/09/2007
Código do texto: T658739
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luiza Porto
São Paulo - São Paulo - Brasil, 72 anos
468 textos (35577 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 14:59)
Luiza Porto