Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

T U R B I L H Ã O

Ainda te escrevo em meus versos
Onde até as entrelinhas falam de ti
Sonho acordado de quem caminha só

Busco as melhores palavras
Não te encontro mais em rimas
Como no amor sempre se renovando

Trago no pensamento a esperança
No coração o sufoco da ausência
Na lembrança o melhor versejar

Em meus caminhos de sonhos
Como miragem em meio ao deserto
Busco-te na mais sublime ilusão
Até mesmo no brilho de uma estrela
Deste turbilhão que se fez saudade
Angelo Antonio Maglio
Enviado por Angelo Antonio Maglio em 11/11/2019
Reeditado em 11/11/2019
Código do texto: T6792471
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Angelo Antonio Maglio). Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Angelo Antonio Maglio
Cotia - São Paulo - Brasil, 62 anos
1746 textos (66051 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/01/20 09:01)
Angelo Antonio Maglio