Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fóssil

De alma destroçada,
Não me conheço.
Deambulo por estas praias da vida,
Mas apetecem-me os rochedos mais além!
Olho o mar revolto,
O céu pintado de memórias
E apanho a saudade caída a meus pés!
Deambulo descalça!
O caminho que demando
É feito de areia movediça!
Cheira a mar,
Mas é lodo.
São os pensamentos de sal,
Temperando a minha recordação,
Que fazem as gaivotas soprarem maresia das suas penas!
Enquanto me afundo,
Sinto-te,
Olhando as marcas que deixaste nas minhas areias...
O vento sopra,
Sopra,
Tenta apagar as tuas pegadas...
Fossilizadas!...
 
http://www.escritartes.com/forum/index.php?referredby=3
goretidias
Enviado por goretidias em 18/11/2007
Código do texto: T742040
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
goretidias
Portugal, 59 anos
108 textos (5263 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 21:37)
goretidias