Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SALDADES DE TEMPOS ATRÁS

Já tomei banho de caneca na bacia,
Meu sabonete, um caco de telha,
Minha toalha, um saco de estopa macia.

Já chupei drops Ducora e usei topete,
Comi em lata de marmelada,
Tomei Q-suco, Crush e Grapette.

Já usei suspensório e calça Rancheira,
Camisa Volta ao Mundo,
E andei de Romiseta.

Não tinha celular nem internet,
Caixa de sapato virava carrinho,
Meu fone, duas lata de massa de tomate Elefante.

Da Caminho Suave vinha a lição,
Escrevia com caneta-tinteiro,
E secava as letras com mata-borrão.

Na TV tinha programas legais,
Divertia-me com o Circo do Arrelia,
E assistia desenhos no Zás-Trás.

Assisti Fliper e Familia Buscapé,
Nacional Kid e Agentes Fantasmas,
Bonanza e Ivanhoé,

Tínhamos amigos reais,
Hoje se brinca de vídeo game,
E os amigos são virtuais.
Que saudades desse tempo
Que não volta mais.

Luiz Carlos Rodrigues dos Santos
Enviado por Luiz Carlos Rodrigues dos Santos em 18/11/2007
Reeditado em 18/11/2007
Código do texto: T742579
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Luiz Carlos Rodrigues dos Santos
São Paulo - São Paulo - Brasil
1101 textos (224292 leituras)
40 áudios (76883 audições)
39 e-livros (4243 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 14:04)
Luiz Carlos Rodrigues dos Santos