Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor demais...



Meu bem,
há horas que em teus olhos
há felicidade
e noutras, tanta maldade
e é quando o meu amor por ti se esconde.
Mas entre tudo isso és por mim muito amada
porque em mim há também
as horas desenganadas do meu próprio amor
e é quando eu te oferto
essa mesma dor que me maltrata.

Amiga, tivemos muito tempo para amar
e mais felicidade ainda para regar
o que murchou em nós não existido.

É findo tudo agora!
Fica que eu vou-me embora,
habitar noutro peito visitado
mas deixo no teu ficado
o justo amor de um homem apaixonado
que nunca te esqueceu...
Paulino Vergetti Neto
Enviado por Paulino Vergetti Neto em 20/11/2007
Código do texto: T744250
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulino Vergetti Neto.(paulinovergettineto.blogspot.com/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulino Vergetti Neto
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 59 anos
2398 textos (137200 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 15:30)
Paulino Vergetti Neto