Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meus eternos fantasmas ( Aos meus amigos de ontem)

Os meus fantasmas
Eram seres das sombras
Criados de coisas que não voltam mais
Por cima das casas
Dos muros e escombros
De velhas lembranças e cartões postais

Os meus fantasmas
Curtiam meus discos
E as velhas canções que o tempo não calou
Eles viraram fumaça
E me deixaram o vazio
Do copo sempre cheio de um tempo que passou

Os meus fantasmas
Não deixaram pistas
Nem mesmo o sussurro de suas algazarras
Não se despediram
Nem rastro, nem sombra
Se foram em silêncio sem festa...Sem graça

Os meus fantasmas
Meus eternos fantasmas
petronio paes frança
Enviado por petronio paes frança em 20/11/2007
Reeditado em 22/12/2007
Código do texto: T745119
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
petronio paes frança
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
549 textos (20739 leituras)
2 áudios (40 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 14:26)
petronio paes frança