Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PÉTALAS E FOLHAS

DEIXE-ME RECOLHER NO TEMPO
PERDIDO NOS CAMINHOS DO QUERER
AS FOLHAS SECAS AO CHÃO
JOGADAS PELO VENTO DE VERÃO
CORAÇÃO VAZIO GRITANTE DE DOR
ESSÊNCIA INÚTIL DE UM FALSO AMOR,
VAGA LEMBRANÇA DE QUEM SE ENTREGOU
PRO INFINITO SOFRER DA AMARGURA.
TALVEZ FOSSEM PÉTALAS QUE UM DIA ERAM FLORES
OU UM PUNHAL CORTANTE DE UM ABRAÇO
VENENO QUE EMBRIAGOU O DOCE BEIJO
QUE ROMPIA OS VALORES DO EGO,
DISFARÇANDO O DESEJO ESCURO DA MALDADE.
ACABA-SE A VIDA DE QUEM CONHECE ESSA FORÇA
RECEBENDO  TAL INCONSOLÁVEL PUNIÇÃO
SEM TER COMETIDO ERROS OU FALTAS
SEM  ABRIGAR  PENSAMENTOS INDIGNOS
MAS APENAS PRESENCIAR O FATO
DE ENTREGAR SEU POSSÍVEL DESTINO
NAS MÃOS DE QUEM ODEIA FLORES,
ARRANCA IMPIEDOSAMENTE SUAS PÉTALAS
E AS LANÇA AO CHÃO NO FIM DA ESTAÇÃO.

LIZ.
LIZ FLOWER
Enviado por LIZ FLOWER em 18/09/2009
Código do texto: T1816771


Comentários

Sobre a autora
LIZ FLOWER
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 41 anos
171 textos (8760 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/05/21 21:59)
LIZ FLOWER