Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vazio


É o meu momento
Ausente das emoções
De todos os sentimentos.

Das sensações de alívio,
Dor, convívio,
Solidão... Amor...

Distante do entardecer,
Da meia-noite.
No ombro da madrugada,
Perto do alvorecer.

Não há o cheiro da chuva
O ribombar dos trovões
O borbulhar da correnteza.

Silente é a natureza
O canto dos pardais
O chilrear dos rouxinóis.

Ouço apenas o áudio metálico,
Que nada diz
Que não constrói.

Ausente é o destemor
Da vida
O medo da morte.
Presente, só o Vazio...
Robério Matos
Enviado por Robério Matos em 10/11/2010
Reeditado em 10/11/2010
Código do texto: T2608624


Comentários

Sobre o autor
Robério Matos
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 67 anos
73 textos (3419 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/04/20 08:42)
Robério Matos