Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema para enterro de poetas


No atesto de óbito:

"Causa Mortis: Ego"

Na lápide:

"Jaz aqui um ex-bom poeta
que pensava que tudo que escrevia
era sempre bom,
pelo mero fato dele ter escrito"


Então só lhe resta recitar seus versos
no seu desfile pela Avenida da Saudade
Augusto Sapienza
Enviado por Augusto Sapienza em 12/11/2006
Código do texto: T289448


Comentários

Sobre o autor
Augusto Sapienza
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 38 anos
52 textos (2281 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/07/21 18:41)