Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hino do Covarde

Hino do covarde

Avante covarde! Que tem medo da Saudade!
Avante!
Deixaras de falar o que sente
E agora já é tarde!

Avante Saudade!Avante Covarde!
Avante amante!
Amaras até demais
Mas foras deixada ao relento no cais

Avante Covarde! Que tem medo da Saudade!
Avante!
Nunca deixaras de ser errante!
E solitário e errado caminha em nome do fogo da paixão que te arde!

Avante Covarde! Avante Saudade!
Avante Piedade!
Piedade que lhe parte!
E agora vives a te fazer de marte!

Avante Saudade! Avante covarde!
Avante piedade! Avante caridade!
Avante tudo que lhe parte!
Avante lúgubre filho da arte!

Avante covarde! Que tem medo da saudade!
Cante este hino daquele que tem medo!
Cante este cântico de temor e solidão!
Cante errante viajante!
Cante-o em vão!

(Rafaela Duccini - 29/12/2006)
R Duccini
Enviado por R Duccini em 21/01/2007
Reeditado em 15/04/2007
Código do texto: T354441

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
R Duccini
Paracambi - Rio de Janeiro - Brasil, 28 anos
352 textos (28722 leituras)
2 e-livros (117 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/20 06:27)
R Duccini