Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando...

Quando olhares para o nada
E adivinhares apenas o silêncio
Tocando a noite em sua calada
Voz destoante, cantando a saudade
Em todo e qualquer canto

Quando olhares para si
E não veres sentido para isso
Tudo isso desde o início
Do reinício das esperanças
Na espera que sempre viveste

Quando olhares o céu
E desenhares no azul mais bonito
Nuvens negras e pesadas
Cortando o horizonte
E chovendo lágrimas de desespero

É quando deveis fechar os olhos
Para reparares menos a tua dor
Pois, sem notares,
Pessoas há que te olham sem parar
Com infinito amor e profunda ternura...
Mar de Oliveira Campos
Enviado por Mar de Oliveira Campos em 27/01/2007
Reeditado em 27/01/2007
Código do texto: T360620

Comentários

Sobre o autor
Mar de Oliveira Campos
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
77 textos (5501 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/19 22:07)
Mar de Oliveira Campos