Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Restos

Enquanto eu só consigo ver sua perfeição
Você só enxerga os meus defeitos
Você tem sido a luz da minha vida
E eu passo os meus dias sendo a sua sombra
Vivendo num mundo de sonhos
Por vezes me imagino nos seus braços
Amando-te na rua
Ou no perfume que paira sobre o ar
Te idealizando, te inventando
E penso, o que será ter o seu amor?
Chego ao ponto de invejar
A água que mata a sua sede
Pois ela tem o prazer de sentir o calor da sua saliva
Me contento com réstias de sua atenção
Com sobras do teu amor
Contra o rio de chuva
Nadando contra
E esperando o teu chamado
Um sorriso seu, qualquer gesto sereno
Iludir o meu mundo pequeno
Chamam de inocência ou tolice
Quem seria capaz de julgar?
Justo e o injusto
A maldade, a pureza
Onde os restos de ninguém
Formam o sonho de alguém.

Beth Jardim
Enviado por Beth Jardim em 29/08/2005
Reeditado em 19/01/2010
Código do texto: T45947
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Beth Jardim
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil, 39 anos
167 textos (19207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/08/20 07:15)
Beth Jardim