Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Costume do Que Tenho

Se tenho a vida? Não a tenho
Ela me tem, e eu apenas vivo.
Vou ter vida? Sem desdenho...
Vivo o mais nocivo.

Não sossego mesmo assim
Também quero o veneno forte.
Se quero? Ah, se quero. Quero sim.
Também posso querer minha morte.

Tenho amor? E se tenho!
E amo a vida mais que o próprio amor
E se vivo o amor, sei não. Mas me empenho.
Talvez por isso, costume à dor.
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 12/09/2005
Reeditado em 14/09/2005
Código do texto: T49879


Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 35 anos
958 textos (33183 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/08/20 02:18)
Júnior Leal